h1

Anos a fio aquelas palavras foram guardadas. Usav…

Novembro 27, 2006

Anos a fio aquelas palavras foram guardadas.
Usava-as quando pretendia fugir para dentro da folha, na tentativa de alcançar a invisibilidade.
Aprendeu com todo o corpo: demasiado rapidamente ou de forma inexoravelmente lenta. Não recorria a um método muito preciso, desde que agarrasse e intuísse o conhecimento… e sentisse.
Mas o corpo escapou-se-lhe, a mente pregou-lhe partidas, num cais repleto de passageiros com uma multidão de espera.
A palavra e o silêncio, a passagem do trânsito, da vida.

2 comentários

  1. Gosto muito do que escreve mas acho este texto particularmente bonito.
    Já o li várias vezes e só agora comentei.

    Beijocas.


  2. Olá Melguinha: como tem passado? Espero que esteja bem.É bom saber que passa por aqui. Obrigada pelas palavras.



Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: